terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Prefeito Elinaldo promete dar apoio aos empregados da Ford; Governo do Estado apoio da Embaixada Chinesa

O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), afirmou nesta segunda-feira (11) que o fechamento da fábrica da Ford na cidade representa “uma grande perda para Camaçari e para a Bahia”. A montadora anunciou o fim da produção no país, com o encerramento de plantas em São Paulo e no Ceará, além da unidade baiana.

Elinaldo Araújo afirmou que segue acompanhando de perto o caso e que irá dar apoio aos empregados da empresa. “Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para reduzir o impacto para os trabalhadores, pais e mães de família que vão perder o seu sustento”, frisou. “Vamos intensificar os diálogos para que novas empresas possam se instalar em Camaçari, de forma que possamos gerar cada vez mais empregos e oportunidades para o nosso povo”, afirmou.

O que diz o Governo do Estado
Após a Ford anunciar, na tarde de hoje, que fechará três fábricas no Brasil e que encerrará a produção de veículos no país, o governo da Bahia divulgou ter procurado a Embaixada da China em busca de investidores que se interessem em substituir o negócio no estado; uma das fábricas mantidas pela montadora fica em Camaçari, a 50 km da capital Salvador.

"Assim que foi informado, o governador Rui Costa entrou em contato com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) para discutir a formação de grupo de trabalho para avaliar possibilidades alternativas ao fechamento. O governo estadual também entrou em contato com a Embaixada Chinesa para sondar possíveis investidores com interesse em assumir o negócio na Bahia", diz trecho da nota publicada pelo governo baiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário