terça-feira, 15 de junho de 2021

DEM expulsa Rodrigo Maia após críticas a ACM Neto

O deputado federal Rodrigo Maia foi expulso de seu partido, o Democratas, após uma reunião realizada nesta segunda-feira (14). Segundo nota divulgada pela legenda, a medida foi tomada em razão de “cometimento de infração disciplinar” e o ex-presidente da Câmara teve amplo direito de defesa garantido. O processo foi relatado pela deputada Professora Dorinha (DEM-TO).

Maia já estava insatisfeito na legenda e chegou a pedir a desfiliação do partido ao TSE, alegando que sofria grave discriminação e que a legenda mudou de posicionamento político, aliando-se ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ele vinha trocando farpas com o presidente do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto desde a eleição para a presidência da Câmara dos Deputados, em fevereiro. Na reta final, o DEM decidiu manter-se neutro na disputa entre Baleia Rossi (MDB-SP) e Arthur Lira (PP-AL), frustrando os planos de Maia.

Ao Correio, Rodrigo Maia revelou que já esperava pela expulsão e chamou Neto de "Torquemada Neto", em referência ao inquisidor espanhol Tomás de Torquemada. "Infelizmente não esperava nada diferente do Torquemada Neto", afirmou. Já nas redes sociais, o deputado criticou a decisão e disse que sua expulsão é “lamentável”.

F: Correio Brasiliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário