sábado, 31 de julho de 2021

De volta do Japão, João Roma vem à Bahia e participa de eventos em Cruz das Almas

Representante do Governo Brasileiro na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, o Ministro da Cidadania, João Roma, já retornou ao Brasil para outros compromissos. Na manhã deste sábado (31), Roma participou de eventos na cidade de Cruz das Almas, no Recôncavo baiano.

Primeiro, o Ministro entregou troféus aos vencedores do Desafio 29 de Julho de Ciclismo, uma competição comemorativa dos 124 anos de emancipação política do Município. “Parabéns a todos vocês que mesmo nesse momento de pandemia têm buscado cada vez mais hábitos e práticas saudáveis. O esporte é sim um caminho virtuoso, não apenas para cuidar da saúde, mas também para inspirar hábitos positivos, em especial para a nossa juventude. Ações como essa resgatam a autoestima da nossa população”, ressaltou.

Depois, o titular da pasta da Cidadania do governo Bolsonaro foi à inauguração da Usina Asfáltica, uma obra muito esperada pela população. Nos eventos, Roma estava acompanhado do prefeito da cidade, Ednaldo Ribeiro, do vice-prefeito, André Eloy, do prefeito de Governador Mangabeira, Marcelo Pedreira, de vereadores de Cruz das Almas e de outras lideranças políticas da região.
Com capacidade de produção de 100 toneladas de asfalto por dia, a unidade vai dar mais agilidade à pavimentação de ruas em todo o Município. “Sem dúvidas, a usina asfáltica é um avanço na infraestrutura de Cruz das Almas. Meu coração está no Recôncavo e eu tenho um carinho especial e amor por essa terra. A Bahia e o povo baiano precisam de mais atenção, carinho e providência para melhorar a qualidade de vida de todos”, disse Roma.
O prefeito Ednaldo agradeceu a contribuição do Ministro para colocar a usina em operação. “Esses equipamentos estavam abandonados há anos. Quando nós assumimos, buscamos as condições para colocar a usina em funcionamento e o apoio de João Roma foi fundamental para isso. É gratificante estar aqui entregando esse maquinário de grande importância. A usina era um anseio de muitos anos da população e hoje é realidade”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário