sexta-feira, 30 de julho de 2021

Novas empresas podem gerar mais de 400 empregos em Cruz das Almas

Nos últimos meses, a cidade de Cruz das Almas tem atraído o interesse de novas empresas de diferentes ramos de atuação. Informações da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico preveem a implantação de, pelo menos, cinco novos empreendimentos e a ampliação de duas fábricas no Distrito Industrial de Cruz das Almas (DICA) até o próximo ano.

Com isso, a expectativa é que mais de 400 empregos sejam gerados nos próximos meses, segundo a previsão de crescimento e instalação dessas empresas. De acordo com o titular da pasta, Euricles Neto, a Prefeitura busca manter contato com empresários da região para atrair indústrias e demais companhias. “Nosso objetivo é fortalecer a economia do Município e criar novos empregos. Estamos trabalhando para acelerar o desenvolvimento da cidade”, afirma o secretário.

Sócio-proprietário da Malu Estofados, Jean Sampaio demonstra otimismo mesmo após o incêndio que atingiu as dependências da fábrica no mês passado. Com o apoio da Prefeitura e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia (SDE), as atividades da empresa foram retomadas provisoriamente no espaço da antiga Solajit Nordeste.

Hoje temos 87 funcionários diretos e confeccionamos quatro mil peças. Até o final do ano a expectativa é de contratar pelo menos 30 novos colaboradores. Vamos aumentar a capacidade de produção para seis mil unidades de colchões e estofados. O apoio da Prefeitura foi crucial para que a fábrica conseguisse se reerguer após os prejuízos causados pelo incêndio”, afirmou o empresário.

A futura sede da empresa está sendo construída no DICA, em uma área de seis mil metros quadrados. A previsão é de que a obra termine em alguns meses e a produção mensal aumente em até 50%. Após o início das atividades no novo espaço, uma empresa do ramo calçadista vai se instalar no local onde funcionava a Solajit, com capacidade para gerar até 73 empregos.

Além da Malu, a Allflex Colchões, que também é do ramo de estofados, vai se mudar para uma área maior e ampliar a produção em Cruz das Almas. A previsão é de contratar mais 98 funcionários após o início da operação no local. Já a Hiperferro, uma indústria que atua no processamento de aços e já tem uma fábrica no DICA, pretende implantar outra unidade no Município, o que pode gerar 130 novos postos de trabalho. Além disso, mais 3 empresas de diferentes ramos planejam se instalar na cidade, com potencial para trazer até 25 empregos cada.

Segundo o coordenador de áreas incentivadas do interior da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia (SDE) Marcio Crusoé, algumas construções já serão liberadas nos próximos meses e outras faltam apenas protocolar a solicitação. “Cruz das Almas tem um potencial grande como vetor de crescimento econômico para implantação de indústrias e demais empresas. A sua ótima localização geográfica junto à BR-101 facilita o escoamento de toda a produção local, assim como a logística operacional”, explica.

Um comentário: