quarta-feira, 11 de agosto de 2021

CRUZ DAS ALMAS: Colégios da rede municipal foram deixados em estado de penúria pela antiga gestão municipal

A prefeitura de Cruz das Almas, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), mostra à população a verdadeira situação das escolas e colégios do municipio. Unidades que foram entregues pela antiga gestão como 'totalmente reformadas' estão, sobretudo, com sérios problemas estruturais, infiltrações e madeiramento dos telhados em estado deplorável, colocando em risco a vida das pessoas.
Em visita ao Colégio J.B. da Fonseca, o secretário da Infraestrutura, Edson Ribeiro, juntamente com a secretária da Educação, Geisa Novaes, e equipe técnica da Seinfra, se depararam com a evidência de um verdadeiro engodo à população, pois foram investidos valores absurdos nessas reformas no ano anterior e, mesmo sem aulas, as dependências do colégio já estão interditadas por oferecer riscos visíveis de desabamento do telhado, com cupim, mofo nas paredes e teto, instalações hidráulicas e elétricas precárias, conforme mostra os registros fotográficos.
Destaca-se também a condição lastimável em que foram encontradas algumas dependências do CEC - Centro Educacional Cruzalmense - com portas sucateadas, lâmpadas queimadas, sem banheiro com acessibilidade - que agora está sendo construído - e o refeitório totalmente inacabado.
Tendo em vista esta situação o prefeito, Ednaldo Ribeiro, determinou o planejamento da reforma total de todas as unidades escolares do município, e uma força-tarefa para que reparos estruturais, pintura e reposições de portas, fechaduras e lâmpadas sejam feitos a princípio nos onze colégios do Fundamental II, possibilitando assim o funcionamento das unidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário