sábado, 27 de novembro de 2021

Joana pega pistola do marido e se mata atirando contra própria cabeça

Um caso trágico de um suicídio foi registrado na noite desta sexta-feira (26), em Itabuna. O caso aconteceu na Rua Sergipana, no bairro Mangabinha, por volta das 23h.

Joana de Araújo Teixeira era jovem, tinha apenas 34 anos de idade e vinha sofrendo de depressão. Ela utilizou uma arma de fogo para findar a própria vida, em um corredor da residência onde morava, deflagrando um tiro contra o próprio peito, na região do coração. Joana deixa uma filha.

Vizinhos ouviram o disparo e ficaram assustados. A Polícia Militar foi acionada e após constatar o óbito, chamou uma equipe do Departamento de Polícia Técnica, liderada pelo perito Robson Lincoln.

Os relatos de conhecidos também apontam para uma suposta agressão física que Joana sofrera na semana passada, em que o namorado dela teria desferido um soco nas suas costas.

A pistola que ela utilizou pertence a esse companheiro dela, identificado pelo prenome Elizeu. Ele estaria dormindo em um dos cômodos da casa, e teria acordado com o barulho do disparo.

A Polícia Civil investiga o caso e o conduziu ao Complexo Policial de Itabuna para coleta de possíveis resíduos em suas mãos.

F: Verdinho de Itabuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário