quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

CON. DO ALMEIDA: Ito de Bêga rebate acusações após opositor derrotando nas urnas lhe chamar de "corno"

Após acusações vindas de seu desafeto ligado ao grupo de oposição, o prefeito de Conceição do Almeida, Adailton Campos Sobral, o Ito de Bêga (PSD) foi as redes sociais rebater a injusta "agressão" feita em seu desfavor por meio das redes sociais. Sem citar nomes, dizendo por meio de vídeo que ele ainda não aceitou o fato de ter perdido nas urnas. "...Talvez você não sabe, mas sabe porque o pai morreu sendo inimigo dele? Porque ele puxou o facão pra matar o pai. E você sabia que um elemento desse bate na mãe? Bate sempre porque a mãe tem que fazer o que ele quer. Eu tenho um respeito, um carinho muito grande pela minha sociedade. Tá todo mundo ligando, perguntando o que eu vou fazer. Vou fazer nada. O que eu tinha de fazer eu já fiz. Fui na Delegacia registrar queixa pra que ele responda lá na justiça e prove a calúnia que ele fez contra a minha ex-esposa. Que ele tá dizendo que ela tinha um caso com Márcio Moreno. Então ele vai ter que provar na justiça qual caso que ela tinha tinha com Márcio Moreno...., mas o que esperar de um moleque que puxa o facão para para o pai? O que esperar de um moleque que bate na mãe? Como é que um povo de bem da nossa cidade pode votar num elemento desse pra um dia ser prefeito de nossa cidade? Imagine, se ele não teve respeito pelo pai, não teve respeito pela mãe, vai ter respeito por mim que derrotei ele nas urnas. Não vai respeitar e nunca vai respeitar nenhum de vocês, porque já mostrou ser um psicopata, despreparado, arrogante e não tem coragem de assumir o que é... e que a justiça divina tome conta desse elemento pecador", desabafou Ito em um vídeo postado nas suas redes sociais.

Segundo informações obtidas por nossa reportagem, as agressões partiram do ex-candidato a prefeito pelo DEM, Pedro Coni, que usou suas redes sociais para chamar o prefeito de "corno" e dizer que ele usava a sexualidade de um ex-vice-prefeito da cidade de forma pejorativa.

"Quem não lembra de Márcio Moreno, que comia a mulher dele? Esse corno. É um corno! Gerson, fique tranquilo. Se você tem sua opção sexual, siga sua vida, meu amigo. Isso é um corno. Quem não lembra, o trio, só andava Márcio Moreno tocando aqui e comendo a mulher desse corno", disse em uma sequência de vídeos, no stories do Instagram.

Coni se referia a Gerson Lessa, vice-prefeito do município na gestão de Antônio Armando da Silva Neves (PT), conhecido como Dr Armando. O democrata também afirmou que não deixaria ninguém mexer com "quem votou com ele, e ficar por isso mesmo". O candidato derrotado também cobrou uma reação da comunidade LGTQIA+.

"Cadê a classe LGBT do município? Inclusive, muitos dos que trabalham na prefeitura? Como é que vocês vão permitir esse absurdo? Um prefeito homofóbico, que não respeita as pessoas - que não respeita a opção sexual das pessoas do município", acusou.

Veja a integra do vídeo gravado por Pedro Coni

Veja a integra logo abaixo a resposta de Ito de Bêga
F: #ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário