quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

Prefeito de São Felipe é acusado de tentativa de homicidio

O prefeito de São Felipe, Jorge Macedo (Republicanos), se envolveu em uma discussão na manhã desta quarta-feira (15) e está sendo acusado de tentativa de homicídio por um morador do município. Ubirajara Barbosa Reis (Bira), de 60 anos, acusa Choquinha (como é conhecido o prefeito) de ter deflagrado um tiro em sua direção e ter dado uma coronhada em sua cabeça.

“O prefeito covarde com uma pistola em punho atirou em mim e disse que vai me matar. Covarde porque sem arma ele não vem. Mais (sic) tô bem, agora ele vai se acertar com a polícia”, publicou Ubirajara no facebook.

Os ex-aliados foram às vias de fato em um bar do município. Segundo Bira, a bala acertou um litro de whisky e só não pegou nele porque ele correu. O prefeito gravou um áudio em um grupo de WhatsApp, onde fala sobre o ocorrido, sem dar detalhes. De acordo com ele, “o homem é de momento”.

“O homem ele aceita tudo. Ele aceita ser esculhambado, ele aceita ser pisoteado, mas tem o momento que a gente não pode aceitar tudo também. E aceitar ser avacalhado. Então, eu achei que o nosso amigo Bira já estava passando do limite, fazendo vídeo, inclusive, dizendo que ia comer minha mulher. Então, isso é inadmissível. Não é porque estou no cargo de prefeito… falar da minha gestão eu aceito qualquer um falar”, diz no áudio.

O prefeito ainda diz que ajudou financeiramente Ubirajara, que era prestador de serviços do município até o início do ano, por várias vezes e “a partir do momento que parei de ajudar, ele começou a me esculhambar nas redes sociais”.

Em um vídeo, que circula nas redes sociais, Bira desafia o prefeito a ir ao seu encontro. “Eu quero ver Choquinha se tu é homem de chegar numa mesa dessa e tomar uma com nós. Tu é homem nada! Tu é puta”. Na sequência, ele diz que Choquinha tomou corno das raparigas, das putas, “agora eu quero a mulher dele. Eu quero que ele tome uma gaia da esposa”.

A desavença foi o assunto comentado no município durante todo o dia. Muita gente questionando a atitude do prefeito, em fazer justiça com a própria mão. “Poderia ter pedido um auxílio jurídico e denunciado a calúnia”, disse um morador. Outros, acharam pertinente a atitude do prefeito, diante das provocações.

Se confirmado os disparos, o prefeito poderá responder pelo crime de tentativa de homicídio. Ainda não tivemos a confirmação se o gestor tem o porte de arma. Caso não tenha, poderá responder também por porte ilegal de arma de fogo.

F: #RevistaReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário