terça-feira, 17 de maio de 2022

POLÍTICA: Cantor Sine Calmon filia-se ao PSOL

O cantor de reggae e ativista social, Sine Calmon, irá estrear no processo eleitoral e escolheu o PSOL para lançar sua pré-candidatura a deputado federal.

O pré-candidato ao governo da Bahia pelo PSOL, Kleber Rosa, comemorou a decisão da pré-candidatura e destacou que o artista “é uma lenda do cenário cultural baiano e representa a resistência e a luta da comunidade negra”.

Fizemos um bate-papo sobre música, a criminalidade da política de drogas, o 13 de maio, e a importância de figuras como Sine que trazem na música conteúdo de luta e de resistência de estarem disputando espaço no legislativo. Sine é um agente de inclusão social da população negra baiana”, disse Kleber Rosa.

Sine Calmon pontuou que escolheu o PSOL por se identificar com a linha política e pautas defendidas pelo partido.

“O PSOL é um partido de esquerda que se opõe a todos os tipos de opressões. É um partido mais humano e que fala mais a minha língua. A língua da comunidade do reggae. Um partido que me abraçou e que defende as pautas igualitárias, a defesa da comunidade negra e dos direitos humanos. Infelizmente, ainda temos muitas demandas que precisam ser institucionalizadas e o PSOL é um partido que tem respaldo político”, contou.

“A ideia da minha pré-candidatura surgiu da própria comunidade de Cachoeira. Em relação ao partido, o PSOL está fortalecido no recôncavo baiano. A galera está dizendo que eu acertei na escolha do partido. Tudo haver com nossa região, com nossa história e com nossa cultura. Um partido verdadeiramente de resistência”, continuou o cantor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário