segunda-feira, 17 de junho de 2019

CRUZ DAS ALMAS: Sem condições de remoção, mulher de 50 anos morre na UPA vítima de pneumonia

Morreu aos 50 anos a cruzalmense Maria Elisa Santana Gomes. A mesma morreu vítima de uma pneumonia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA24h) nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 17 de junho, após 13 dias internada na Santa Casa de Misericórdia de Cruz das Almas. O médico plantonista da UPA delegado para cuidar pessoalmente do caso entendeu que o quadro clínico da paciente era instável, com pressão a 6x7, o que inviabilizava a sua transferência para uma outra unidade hospitalar. Segundo informações obtidas pela reportagem do Jornal Forte no Recôncavo, a Central de Regulação do estado conseguiu dois leitos sendo um para o Hospital de São Félix e outro para um hospital da capital baiana além de disponibilizar por duas vezes seguidas uma UTI Móvel para o transporte desta paciente. "Nós nos responsabilizamos caso ela venha a óbito a caminho do hospital.... só queremos que a direção da UPA libere ela", disse um familiar para a nossa reportagem. Ainda conforme informações obtidas por nossa reportagem, a equipe médica após entrar num concenso, optou por não liberar a paciente seguindo um "protocolo médico", mesmo com a família autorizando a sua remoção. A UTI Móvel vinda de Salvador teve de retornar sem a paciente que veio a óbito horas depois. Em entrevista para uma emissora de rádio da cidade, a secretária de saúde do município, Aline Pires, disse que a Santa Casa não tinha mais condições de manter a paciente em seu leito por falta de recursos clínicos para estabilização do quadro da paciente.

O fato acima descrito ocorreu na noite deste último domingo (16), mas até o fechamento desta matéria não recebemos uma nota oficial por parte da Secretaria Municipal de Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário