sexta-feira, 14 de maio de 2021

CRUZ DAS ALMAS: É crítica a situação dos Policiais Civis que atuam em mais 12 municípios

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC), Eustácio Lopes, e o diretor Roberto Cerqueira, atenderam ao socorro dos policiais civis da 1ª DT/Cruz das Almas e, na última segunda-feira, se encontrou com os servidores.

Na reunião, os policiais explicaram a crítica situação pela qual passam. Nos fins de semana, os investigadores precisam atender ocorrências de 12 municípios que não possuem policiamento, algo que, como todos sabem, não é obrigação dos IPC's em questão. Além disso, há apenas dois policiais para fazer o registro das ocorrências, havendo apenas o reforço, nos fins de semana, de um delegado e um escrivão.

Sobrecarregados, os policiais pediram que o SINDPOC entrasse em contato com o coordenador regional. Apesar de não ser a função desses servidores atender a população de municípios onde eles não estão lotados, tudo o que esses policiais pedem é que haja um plantão especial em Cruz das Almas, para que eles consigam dar conta de toda a demanda.

Tal solicitação demonstra que, apesar do descaso do Governo e precária situação, os policiais civis continuam dispostos a ajudar os cidadãos, a qualquer custo.

Na oportunidade, o SINDPOC conversou com a categoria sobre a campanha de luta pelo salário de nível superior e a entrega das chefias e extras, pautas que foram aprovadas pelos policiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário