sexta-feira, 28 de maio de 2021

Deputado Robinson Almeida apresenta moção de pesar na Assembleia Legislativa pela morte do professor Clóvis Ezequiel, vítima de Covid

A morte precoce do professor e diretor do Núcleo Territorial de Educação, Clóvis Ezequiel dos Santos, 55 anos, na noite de quarta-feira (26), em Santo Antônio de Jesus, consternou o deputado estadual Robinson Almeida (PT). O parlamentar apresentou na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (27) uma moção de pesar pela perda do amigo, educador e companheiro no Partido dos Trabalhadores no Recôncavo, vítima da Covid-19. Robinson registrou solidariedade a família e para os amigos do professor Clóvis, uma referência em educação no Recôncavo, e exaltou o legado deixado pelo educador.
"Muito triste com o falecimento do amigo e companheiro Clóvis Ezequiel, vítima da COVID-19. Professor, Clóvis, desde cedo, foi um destacado lutador pela educação pública e pelas causas populares. Petista atuante, teve papel fundamental na organização do PT de Santo Antônio de Jesus e de todo Reconcavo. Foi um exemplar gestor público em todas missões que desempenhou nos

governos federal, estadual e municipal. Quero deixar meu abraço a sua esposa Fátima e ao seu filho Vagner. Aos amigos, a certeza que o exemplo de vida e de luta de Clóvis alimentará a nossa caminhada pra superar essa terrível pandemia e esse governo genocida. Vá em paz querido companheiro!", escreveu o deputado.

A morte do professor Clóvis Ezequiel também consternou o governador Rui Costa e o secretário de educação do estado, Jerônimo Rodrigues. Eles também lamentaram a perda do amigo em publicação nas redes sociais. O Partido dos Trabalhadores da Bahia também lamentou a perda do educador. Clóvis Ezequiel dos Santos estava internado desde o dia 21 de abril, depois do diagnóstico de Covid-19. Ele deixa a esposa Fátima Cristina e o filho Vagner Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário