terça-feira, 10 de agosto de 2021

CRUZ DAS ALMAS: Vereadores de situação aprovam 11 vetos do Executivo Municipal

Na queda-de-braço que se formou em relação aos vetos do Executivo Municipal, o prefeito de Cruz das Almas obteve vitória. Apesar de ser minoria na Câmara de Vereadores, os onze vetos foram mantidos e as matérias arquivadas.

A bancada de oposição precisava de 8 votos para derrubar o veto e conseguir promulgar as matérias. Com a ausência justificada por motivos de saúde do vereador Roberto Ximba (PP), os parlamentares de situação conseguiram vencer as votações por 7 x 6, já que o presidente Thiago Chagas (PSD) só votaria em caso de empate.

Um dos vetos foi um Projeto de Lei que prévia o repasse de recursos para igrejas e outras religiões a exemplo de terreiros de matriz africana e centros espíritas. Associações de proteção a animais a exemplo da Associação para Proteção aos Animais de Cruz das Almas e o Instituto Karina Brito não receberão recursos por parte do município por conta dos vetos. Uma atitude até então inesperada haja vista que o prefeito Ednaldo Ribeiro e seus vereadores de situação demonstravam uma certa sensibilidade à causa durante a campanha eleitoral. Sem os recursos, a associação e o instituto podem ficar em situação crítica, prejudicando o 
assistencialismo a animais em situação de abandono.

O que diz o vereador Roberto Ximba:

"Venho através desta, em respeito à população, justificar minha ausência na sessão ordinária de ontem!
Nesta sessão, aconteceria a derrubada dos vetos. Na semana passada fui contra todos os vetos. Mas, infelizmente, fui acometido de uma forte dor de cabeça, inchaço e sangramento interno no olho, que me impossibilitou estar presente na sessão.

Participei da reunião com os vereadores da minha bancada pela manhã de ontem. E já estava com o olho muito vermelho. Meus colegas de bancada, amigos e minha família pediram que eu fosse ao médico, mas acreditando não ser nada, não achei que fosse necessário.

Pessoas maldosas, se aproveitam de qualquer oportunidade para tentar difamar e denegrir à imagem do próximo! Se eu achasse que não deveria derrubar os vetos, não derrubaria, e faria isto presente na sessão.

No mais, agradeço o apoio que tantas pessoas têm expressado ao meu trabalho e coloco-me à disposição de todos e todas para bem servir ao projeto de uma cidade mais digna, justa, inclusiva, diversa e igualitária, já que fui eleito para isso!
Perdão pela exposição da foto, mas a maldade do ser humano não tem limite, então temos que provar até quando estamos doentes.
Obrigada a todos!"


Por: Diego Azevedo-Informe Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário