sexta-feira, 5 de novembro de 2021

Do Recôncavo baiano para o mundo, Keno Marley brilha no Mundial de boxe

O pugilista Keno Marley, de 21 anos, venceu nesta quinta-feira (4) a semifinal do Campeonato Mundial de Boxe e está a uma luta de conquistar o título. Em sua quarta luta, Keno derrotou o belga Victor Schelstraete por unanimidade (5 a 0). Seu último desafio será no próximo sábado contra o cubano naturalizado pelo Azerbaijão Loren Alfonso que venceu seu compatriota na outra semifinal. A luta será neste sábado, a partir das 15h30 (de Brasília).

Alfonso conquistou o bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio e será o maior desafio do brasileiro nessa etapa do Mundial.

Do município de Sapeaçu, no recôncavo baiano, surgiu a Turmalina negra, pedra preciosa que vem sendo lapidada pelo técnico Mateus Alves no CT de boxe em São Paulo. Com nome em homenagem ao Grand Canyon, que abaianado virou Keno, e o sobrenome homenageando o pai do reggae, Bob Marley, o jovem talento ganhou destaque ao vencer os Jogos Olímpicos da Juventude em 2018. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Keno alcançou as quartas de final, e poderia ter avançado mais. Três meses depois, está na final do maior evento de boxe olímpico. Foram quatro lutas até chegar à final.

Em seu primeiro desafio, venceu a tradicional escola de boxe do Cazaquistão desafiando Bek Nurmaganbet, melhor lutador asiático na categoria até 86 kg. Em sua segunda luta, superou o sul-coreano Hyeongkyu Kim avançando para as quartas de final em que venceu o polonês Sebastian Viktorzaka. Todas as vitórias foram por decisão unânime. O Campeonato Mundial de Boxe realizado pela AIBA, está sendo realizado em Belgrado, na Sérvia, e dará ao campeão o prêmio de US$ 100 mil, aproximadamente R$ 580 mil. Para o vice, serão US$ 50 mil e para os dois terceiros US$ 25 mil. Até o momento, Keno já garantiu R$ 280 mil e pretende alcançar meio milhão saindo com a vitória.


F: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário