terça-feira, 14 de dezembro de 2021

Governo Federal investe R$ 28,8 milhões na continuidade de obras de saneamento na Bahia

As cidades de Alagoinhas, Camaçari e Salvador, na Bahia, vão receber R$ 28,8 milhões para investir em saneamento básico. Serão realizadas intervenções nos sistemas de esgotamento sanitário, de abastecimento de água e em obras e manejo de águas pluviais. O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou o repasse nesta terça-feira (14).

Juntas, as obras nas três cidades vão beneficiar mais de 118 mil famílias e gerar 19,9 mil empregos. A capital Salvador fica com a maior parte dos recursos (R$ 22,9 milhões), que vão possibilitar a

e melhorias na área de atendimentos dos reservatórios R7 e R23, além da ampliação do sistema de esgotamento sanitário.

O município de Camaçari recebeu R$ 5,5 milhões para dar seguimento à ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Arembepe. Já em Alagoinhas, serão investidos R$ 291,6 mil na ampliação do SES da sede municipal, com instalação de redes coletoras em sub-bacias, ligações domiciliares, estações elevatórias e Estação de Tratamento de Esgoto.

"Nós sabemos o benefício que o tratamento de água, de esgotos, a canalização adequada dos córregos propicia às cidades. Então, nós estamos fazendo todo o esforço para que não haja nenhuma interrupção do cronograma físico-financeiro dessas obras", destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. "Desde a nossa chegada ao MDR, por orientação do presidente Bolsonaro, não tem faltado recursos e nós esperamos brevemente estar concluindo essas obras e que elas sirvam à população", completa.

Nesta terça-feira, foram disponibilizados recursos para a continuidade de obras de saneamento no Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. O repasse total é de mais de R$ 152,2 milhões.

Investimentos

Desde janeiro deste ano, R$ 457,47 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) foram repassados pelo MDR para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 1,39 bilhão foram assegurados para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de outros fundos federais financiadores.

Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor - contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados - é de 1.166 empreendimentos, somando um total de R$ 42,54 bilhões, sendo R$ 24,97 bilhões de financiamentos e R$ 17,57 bilhões de Orçamento Geral da União.

Nenhum comentário:

Postar um comentário