quarta-feira, 6 de abril de 2022

Cachoeirano continua desaparecido para angústia de seus familiares e amigos; vítima foi sequestrada em Cruz das Almas no último sábado

Era manhã de sábado (2) quando Everson Thiago Alves, de 36 anos, saiu da cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano, e foi para Cruz das Almas, cidade a menos de 30 km, na companhia de um irmão e um amigo. O trio foi em busca de uma oficina para consertar o carro de Everson, que tinha apresentado um problema mecânico. Enquanto o irmão e o amigo ficaram na oficina, Everson foi fazer um lanche em uma barraquinha ali perto e, desde então, não foi mais visto.

Já são seis dias de angústia e desespero da família de Everson, que é o caçula de cinco irmãos. “As pessoas que estavam lá disseram que um carro, tipo Picape, com três pessoas parou em frente ao estabelecimento. Dois homens desceram e levaram ele. Everson não é envolvido com nada errado, tem ficha limpa, trabalha na construção civil e é mototáxi nas horas vagas. Ele tem duas filhas”, afirma um familiar do rapaz que trabalha em uma escola na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

De acordo com o parente, há menos de dois meses eles perderam uma irmã para o câncer e o desaparecimento de um ente querido causa ainda mais dor aos familiares. “O pai (conhecido como Oliveira do Detran) e a mãe mal tiveram tempo de superar o luto de enterrar a filha, agora a angústia de não saber o paradeiro do filho”, relata.

A Polícia Civil informou que a ocorrência do desaparecimento de Everson foi registrada na Delegacia Territorial (DT/Cruz das Almas), na tarde de sábado. Apesar de não tratar o caso como sequestro, a polícia informou que está coletando depoimentos de familiares e testemunhas, além de imagens de câmeras do local para ajudar na elucidação do caso.


Qualquer informação sobre o paradeiro de Everson Thiago Alves pode ser comunicada pelo número (75) 99183-5446.

F: Blog Bahia no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário