terça-feira, 10 de maio de 2022

Deus manda mulher matar sua filha de 3 anos em Feira de Santana; Stéfani sustenta essa alegação para a polícia

Stéfani Conceição Teixeira, de 26 anos, foi presa em flagrante na manhã desta terça-feira (10), acusada de matar a própria filha de 3 anos, afogada em uma lavanderia no quintal de casa, na avenida Amaralina, bairro Sobradinho, em Feira de Santana. Segundo familiares, a mulher é usuária de drogas e foi presa no local. Ela alegou para a polícia que teria matado a criança “porque Deus teria mandado”.

O delegado Luís Smyslov Filgueiras, que presidiu o levantamento cadavérico contou que a morte da criança aconteceu no quintal da residência e ocorreu após uma discussão da mulher com uma parente. Após matar a criança, continuou agindo naturalmente.

Rosenilda Oliveira, tia-avó da criança alegou que nada justifica a morte da criança e que mesmo sendo usuária de drogas, a acusada tinha apoio da família.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, mas já encontrou a criança sem vida. Uma médica do SAMU informou o estado em que a criança foi encontrada.

A mulher foi presa em flagrante pela Polícia Militar e encaminhada para o Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho. Ela tem outros dois filhos, que convivem com outros parentes. O corpo da criança foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

F: Blog Central de Polícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário