quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Geração Flica chega como grande novidade da Festa Literária de Cachoeira

Entre os dias 24 e 27 de outubro acontece a 9ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica). Sempre buscando inserir novidades no evento, este ano a Flica traz na programação um conteúdo voltado para os jovens leitores, a Geração Flica. Com curadoria da booktuber Bárbara Sá e sediada na Casa do Iphan de Cachoeira, o novo espaço vai receber autores que dialogam com esta geração.

Pela primeira vez participando da festa como curadora e autora de livro, Bárbara avaliou que o espaço faltava no cenário da Flica. “De uns dez anos para cá, a gente teve um ganho de jovens leitores por causa da democratização que a internet trouxe para literatura, então pra mim como autora, como booktuber, como pessoa que indica livros para outras pessoas é uma honra estar na Flica”, avaliou.

Segundo Bárbara Sá, durante a curadoria ela procurou escolher nomes que aproximem os jovens do ambiente da literatura. “Eu acredito que o jovem acaba vendo, incialmente, a literatura como algo enfadonho e quando a Flica foca em um espaço dedicado a eles faz com que ela faça parte da rotina, do meio deles. Isto ajuda o jovem a ver a literatura como foma de divertimento e, consequentemente, como ensinamento”, explicou a booktuber.

No dia 24 (quinta), o bate-papo de abertura da Geração Flica será às 10h com o escritor e compositor, Edgard Abbehusen. O baiano vai falar sobre como as mídias sociais o ajudaram a propagar seu trabalho. Às 14h, Bárbara Sá conversa sobre novos modelos de criação com a autora de livros e booktuber Pam Gonçalves. Finalizando o primeiro dia, às 16h, Clara Alves fala sobre seu livro “Conectadas” e o alto consumo de vídeo games por mulheres.

Na sexta-feira (25), o dia começa com o jornalista baiano Breno Fernandes. A partir de 10h, o escritor vai falar sobre o prazer de ter seus livros nas escolas, mas também a responsabilidade adquirida através disso. “Oi, mãe, meu livro foi parar no cinema” é o tema do bate-papo da escritora Thalita Rebouças com Bárbara Sá, que acontece às 14h.

O vencedor do prêmio Jovem Autor Inédito pelo Selo João Ubaldo Ribeiro, Ian Fraser, fala na Geração Flica, às 16h, sobre a valorização dos ancestrais brasileiros e a representatividade do nativo.
O apresentador Aldri Anunciação é a primeira atração do último dia da 1ª edição da Geração Flica. A partir de 10h, o escritor contará sobre a experiência de transformar seu livro em peça e como isso agregou um público novo.

Às 14h, a autora de romance Tatiana Amaral conversa sobre como as plataformas gratuitas democratizaram a literatura. Quem encerra a programação, às 16h, é o autor Matheus Rocha, que fala sobre a importância da literatura LGBTQIA+ para os jovens do Brasil e sua relação com a ansiedade.

A Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) é uma apresentação do Governo do Estado da Bahia, realização da Icontent e Cali, patrocínio da Coelba via Fazcultura e Governo do Estado, apoio institucional da Rede Bahia e apoio da Prefeitura Municipal de Cachoeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário