loading...

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Mulheres de Cachoeira são beneficiadas pelo programa ' Mães de Favela'

O programa social ‘Mães de Favela’ irá auxiliar mães solo nas comunidades do estado da Bahia durante a pandemia do novo coronavírus. A iniciativa é da Central Única das Favelas (Cufa), e cerca de 700 mães irão receber um auxílio de R$ 120, durante dois meses. O dinheiro será arrecada através de doações e o repasse deve acontecer em 15 de abril e 15 de maio.

A campanha se estende por todo o território nacional, abrangendo favelas de 17 estados e do Distrito Federal. Na Bahia, inicialmente, seis municípios serão beneficiados pelo projeto - Cachoeira, Camaçari, Ipirá, Feira de Santana, Lauro de Feitas e Salvador. Segundo o coordenador da Cufa Bahia, Marcio Lima, o auxílio será dado para a compra de itens essenciais do cotidiano destas mulheres.

“Mães da Favela vem para reforçar esse apoio às mães chefes de família. Algumas recebem a cesta básica de doação, mas não têm o dinheiro para comprar um gás, tempero. Então tem esse recurso pra ajudar as mães”, explicou Marcio, salientando ainda que as mulheres nas favelas são as pessoas que têm mais sofrido com o surto do novo coronavírus e, por consequência, o distanciamento social.

De acordo com o coordenador, as mulheres são selecionadas para participar do programa social a partir de um cadastro feito por lideranças populares de cada município e bairros. São escolhidas também as mães que não recebem auxílio do governo, como o Bolsa Família. O auxílio será pago através de um aplicativo de celular. As mães serão ensinadas a utilizar o app e receberão os vouchers com o valor. Elas poderão então efetuar compras a partir do aplicativo ou transferir o valor para a conta bancária.

“A gente busca a mãe que o poder público não abraçou. Aquela que está com os filhos em casa, com o aumento dos custos dentro de casa. Então ela cuida da casa, dos filhos e do marido, e na grande maioria, somente da casa e dos filhos, sem marido. Além de não ter o trabalho”, pontuou.

O dinheiro destinado às mães virá de um fundo de doações. Para os interessados em abraçar a causa, as doações podem ser feitas através do site Mães de Favela. A expectativa é que cerca de 20 mil mães, em todo o Brasil, sejam beneficiadas pelo programa. Até o momento a campanha arrecadou aproximadamente R$ 2, 5 milhões.

Pesquisa inédita do Data Favela/Instituto Locomotiva revela que 9 em cada 10 mães mudaram suas rotinas devido ao coronavírus. Em relação às questões financeiras, 84% já tiveram a renda diminuída, 87% estão cortando gastos e 73% declaram que não conseguirão manter o padrão de vida por nenhum período se perderem a renda familiar.

F: A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário